História San Fernando

Alojamento

Alojamento

Destinohttps://sanfernando.costasur.com/pt/index.html

Destino

Temos o guia mais detalhado do teu destino, pelo que se procuras informação, encontraste a melhor fonte...

Autocarroshttps://sanfernando.costasur.com/pt/horarios-dos-autocarros.html

Autocarros

NO HAY RESULTADOS
NO HAY RESULTADOS

Carroshttps://sanfernando.costasur.com/pt/alugar-carro-rent-a-car.html

Carros

Desmistificando: alugar um carro não é caro. Decobre o preço a que pode sair durante as tuas férias com a Costasur.

Alugar

Comboioshttp://trenes.rumbo.es/msr/route/searching.do

Comboios

NO HAY RESULTADOS
NO HAY RESULTADOS

Vooshttp://vuelos.rumbo.es/vg1/searching.do

Voos

NO HAY RESULTADOS
NO HAY RESULTADOS

Paque de estacionamentohttps://sanfernando.costasur.com/pt/estacionamento.html

Paque de estacionamento

Precisas de deixar o teu carro nalgum aeroporto?. A Costasur tem a melhor oferta do mercado, a preços sem concorrência.

Procurar Aeroporto

Ferryhttps://sanfernando.costasur.com/pt/ferry-sanfernando.html

Ferry

Procuras um ferry? Ao passar o barco digo ao barqueiro, na Costasur quase não custa dinheiro... Não procures mais, aquí temos quase todos.

Vamos pirata!

https://sanfernando.costasur.com/pt/as-actividades-recreativas.html

Propomos-te opções para evitar o tédio, usa o nosso motor de busca de atividades e faz algo diferente nas tuas férias!

Procurar atividades

San Fernando é uma cidade cujo o primeirro nome foi a Ilha de León, nome originário de Ponce de León, o qual foi o primeiro que deu a vida a esta cidade no século XV. Seculos mais tarde, precisamente no Século XIX foi Fernando quem deu o nome de San Fernando, em reconhecimento a resistencia que opuseram a invasao napoleónica. Actualmente, San Fernando é uma cidade conhecida como A Ilha e os seus cidadãos chamam-se Ilhanos, prova de que o primeiro nome ainda está em vigor.

As origens humanas em San Fernando remontam à pré-histórica, a época das descobertas feitas em lugares como Punta Camposoto e Punta Cantera, a época Neolítica basicamente. Já da idade antiga temos dados da população da zona por parte dos fenícios, Tartessos, cartagineses e, mais tarde os romanos. Todas estas civilizações estavam nas grandes e importantes relações com a pesca, principalmente do atum, com as artes de pesca conhecido como Almadraba, uma antiga arte milenária que ainda perdura na costa de Cádiz. O Garum era durante a época romana o símbolo e uma marca desta região.

Depois dos romanos vieram os godos, os muçulmanos, foi uma época de muita actividade na zona, os bárbaros visigodos expulsaram os romanos, da mesma forma que séculos mais tarde os árabes expulsaram os visigodos, era uma zona rica, com um clima invejável, terras férteis, zonas húmidas, boa pesca ... tudo isto propiciou uma grande riqueza e facilitou a circulação na zona, a região propiciou à construção de castelos e muralhas na zona, no caso de San Fernando, Castelo de San Romualdo e o Real Carenero.

Já no século XII chega o movimento de reconquista por parte de Alfonso X, o Sábio, que expulsaram os árabes da região entregando a Castilla. Com a idade moderna, vieram os Bourbones, no século XVIII para a península, e San Fernando viveu uma época dourada, uma idade em que começou a trabalhar-se, aqui a indústria naval, era senha de identidade a partir de então e até aos nossos dias.

Um Decreto Real de 1766, assinado por Carlos III, dá o nome de Vila Real de la Isla de León, e sua primeira câmara municipal é um dos edifícios emblemáticos da cidade.

No século XIX, a ilha de San Fernando e a Ilha Leon continuavam no topo, durante a Guerra da Independência, a cidade foi um ponto de referência nacional, juntamente com Cádiz, na verdade, foi o único lugar na península que não foi ocupado pelos o franceses, tanto Cádiz como San Fernando e, em seguida, La Ilha de León.

Em 1810 a Câmara Municipal reuniu-se com os membros das Cortes Federais, nascido em 1812, a primeira constituição liberal de Cádiz para todo o território. Depois, após a vitória, o francês Fernando VII deu à cidade o título de cidade da Ilha de León.

Na sequência da aprovação dos custos globais da Constituição de 1812, Fernando VII, tomou um caminho errado, do totalitarismo e o absolutismo, provocando um confronto, a nomeação de Riego e a batalha das 100.000 crianças de St. Luís, esta situação conduziu a que os franceses poderiam entrar na cidade onde eles estiveram até 1828.

Depois chegou a República espanhola, num clima de conflitos e de confrontos, das crise naval do início do século XX da confusão com muitas colónias, entre elas Cuba, chega a II República e a Guerra Civil, mas agora é a cidade sem grandes alterações.

Foi após a guerra quando a cidade volta a ser activada, criando uma intensa actividade em redor da cidade, mais tarde, em 1981, é criado o Hospital Militar em São Carlos.

Actualmente, San Fernando é uma cidade em processo de modernização, estão sendo restaurados monumentos como o Castelo de Sancti Petri (Chiclana em litígio) e do Castelo de São Romualdo, ou o município.

O turismo, sol e praia, os seus monumentos, a sua academia militar, as casas e apartamentos onde alojar-se ... são actualmente as principais atracções desta cidade, um destino ideal para umas férias na Costa de la Luz, um lugar com séculos de idade, história, que se tornou uma das referências da província de Cádis, um lugar que tem grandes nomes para a cultura, arte ou desporto.

De San Fernando é Camarón de la Ilha, Niña Pastori e Sara Baras (Flamengo) Ruth Gabriel (Cinema), David Barral (futebol) ou a ministra do Desenvolvimento, Magdalena Álvarez.

Ofertas

Outros sítios e alternativas Costasur

Outras páginas deste destino
Etiquetas